RÁDIO RCB AM

Acusado de mandar matar ex-prefeito de Altos é condenado a 14 anos de prisão no Piauí

O crime aconteceu em 1996, quando a vítima exercia o mandato de prefeito em Altos. O réu era vice-prefeito do município. Ex-prefeito de Altos, Cézar Leal

Arquivo Pessoal/ Patrícia Leal

Um homem identificado como Antônio Orlando da Silva foi condenado a 14 anos de prisão pelo Tribunal do Júri. Ele foi acusado de mandar matar César Augusto Leal Pinheiro, ex-prefeito de Altos. O crime aconteceu em 1996, quando a vítima exercia o mandato de prefeito.

Na época, Antônio Orlando era vice-prefeito de Altos. Segundo o Ministério Público do Piauí (MP-PI), consta nos autos que o réu ficou insatisfeito após César Augusto ter lhe negado alguns cargos na administração municipal. O acusado, então, contratou um homem para executar o prefeito.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

O atirador, Raimundo Nonato Alves da Silva, foi condenado a 18 anos e nove meses de prisão em 2019 pelo homicídio. Ele cometeu o crime em troca de um pagamento de R$ 50 mil.

Antônio Orlando passou por julgamento nessa quinta-feira (29). Ele cumprirá pena em regime fechado.

César Augusto Leal Pinheiro foi assassinado com cinco tiros na cabeça, dentro de sua casa em Altos, diante da família. Ele era pai da ex-prefeita de Altos, Patrícia Leal.

📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí

📲 Acompanhe o g1 Piauí no Facebook, no Instagram e no Twitter

VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

NOTÍCIAS MAIS LIDAS