Campos Belos ainda não recebeu profissionais do Programa Mais Médicos

  • 28/12/2018
  • 0 Comentário(s)

Campos Belos ainda não recebeu profissionais do Programa Mais Médicos

Até agora, 147 profissionais se apresentaram para trabalhar nos postos de saúde dentro do Programa Mais Médicos em Goiás. 

Ao todo, eram ofertadas 202 vagas e, em 26 cidades, apesar de interessados se cadastrarem nas vagas inicialmente, não houve confirmação para início das atividades.

A expectativa dos secretários de saúde destas cidades (veja quadro) é que, com o novo edital aberto na última semana pelo Ministério da Saúde (MS), as faltas sejam preenchidas para que não haja prejuízo para os atendimentos de saúde.

Vice-presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Goiás (Cosems-GO), André Luiz Dias Mattos, que também é secretário de saúde da cidade de Morrinhos (130km de Goiânia), diz que já previa que haveria desistências.

“A gente entende que o profissional recém-formado quer se especializar, buscar alguma melhoria profissional e muitas vezes a distância de algumas dessas cidades pode inviabilizar esses planos”, comenta.

A expectativa do Cosems, segundo Mattos ressalta, é que a abertura de novas vagas com a possibilidade de ingresso dos profissionais com registros profissionais do exterior possa resolver o problema.

“Até mesmo os médicos cubanos que não foram embora e, que por ventura, se interessarem em ficar nestas cidades ou até mesmo se candidatarem a outras vagas em outros municípios, poderão participar. Esperamos que estas vagas sejam preenchidas até o final do ano”, diz.

Mattos detalha que no início do processo houve interessados para todas as cidades que tiveram vagas dispostas.

“Existem dois momentos nesse processo. Um deles é a validação, quando o profissional apresenta os documentos exigidos e a homologação, quando, de fato, ele se apresenta para trabalhar”.

Até agora, houve 151 validações e em quatro casos os municípios ainda aguardam a homologação. Mas nos outros 55 casos, ainda não ocorreu nem a validação.

Distância

A maior parte destes casos é de cidades com distâncias maiores da capital ou de Brasília. Como é o caso de Teresina de Goiás (500 km de Goiânia e 300 km de Brasília).

Conforme já mostrado em reportagem no dia 25 de novembro, a cidade fica em uma região onde a energia elétrica não alcança todas as casas, a água consumida por alguns é de um riacho que passa atrás das residências e muitas casas não têm banheiro.

Nessa cidade, duas médicas cubanas cuidavam da saúde da população.

“A gente espera que com o novo edital, essas profissionais possam voltar ou até mesmo outros, brasileiros ou estrangeiros, se interessem pela vaga”, disse.

Em outras cidades, mais próximas da Capital, como Aparecida de Goiânia, e perto do Distrito Federal, como Valparaíso de Goiás, todas as vagas foram preenchidas no início do processo, no mês passado.

Mattos chama a atenção para o fato de que, no novo edital, as inscrições estão abertas para profissionais brasileiros e estrangeiros formados no exterior, mesmo que não tenham registro profissional no Brasil.

Mattos reforma que não é necessário que os candidatos revalidem o diploma estrangeiro no País. Mas serão exigidos dezessete documentos diferentes desses profissionais. “Estamos na expectativa e esperamos que todas as vagas possam ser preenchidas no prazo”, diz.

De um total de 10.205 profissionais que manifestaram interesse, 5.972 compareceram ao local de trabalho

O Ministério da Saúde (MS) informou que até às 9 horas desta quarta-feira (19), 5.972 médicos já haviam comparecido ou iniciado as atividades nas localidades onde irão atuar pelo Programa Mais Médicos.

Os dados ainda são preliminares. A data de início das atividades, no entanto, é definida com o gestor local.

Após esta fase, o MS informou que fará um levantamento das vagas em abertos e das desistências para que nos dias 20 e 21 de dezembro sejam novamente ofertadas a outros profissionais com CRM Brasil.

Já o prazo para o envio da documentação de médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior encerrou no dia 16 (domingo).

Ao todo, 10.205 profissionais manifestaram, por meio do edital, interesse em participar do programa. As documentações de todos ainda estão em análise, também conforme previsto no edital.

Nos dia 27 e 28 de dezembro, os médicos brasileiros formados no exterior terão acesso ao sistema para escolherem as vagas em aberto.

Posteriormente, nos dias 3 e 4 de janeiro de 2019, os médicos estrangeiros terão a mesma oportunidade. Criado em 2013, o Programa Mais Médicos conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 distritos especiais indígenas.

Veja abaixo as cidades que ainda não receberam profissionais do Programa Mais Médicos:

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

MELHORES DO DIA

PROGRAMA MANHÃ DE SUCESSO

06:30 - 08:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Márcia Fellipe, Jerry Smith

Quem Me Dera

top2
2. Humberto & Ronaldo

Não Fala Não pra Mim

top3
3. Devinho Novaes

Alô Dono do Bar

top4
4. Gabriel Diniz

7 CHAVES

top5
5. Zé Neto e Cristiano

MULHER MARAVILHA

Anunciantes